fbpx
viajar com animais de estimação

Como viajar com animais de estimação?

Pensar nas férias sem o pet é uma coisa impossível para muitas pessoas. Viajar com animais de estimação é um assunto que ainda gera dúvidas e receio em muitos donos. Pensando nisso, listamos abaixo algumas dicas para que sua próxima viagem seja programada com tranquilidade e junto com seu animalzinho.

Viajar com animais de estimação de carro

Levar seu animal em viagens de carro é o processo menos “burocrático”, mas que deve ser bem seguro. Viajar com animais de estimação de carro é permitido desde que o bichinho seja transportado em local apropriado.  As caixas, os cintos e bolsas de transporte são garantias de segurança para seu pet e também para quem está dirigindo.

Além disso a cadeirinha para cachorro é um item que pode ser utilizado em passeios ou para viagens. Destinado a cães e gatos de até 15 kg é de fácil instalação, com altura regulável, permitindo que seu animal fique na altura da janela.

Durante o trajeto, é importante que o condutor faça paradas para que o bichinho possa beber água, fazer suas necessidades e gastar um pouco de energia. A temperatura do carro também deve estar agradável, os animais sentem muito calor, principalmente os mais peludos.

Viajar com animais de estimação de ônibus

Para viajar com animais de estimação de ônibus as exigências gerais são: o transporte em uma caixa transportadora, um atestado veterinário comprovando as condições de saúde e as vacinas. Mas fique atento e não se esqueça de contatar a empresa escolhida para confirmação das regras.

Algumas possuem normas específicas como, por exemplo, a compra da passagem do assento ao lado para ser ocupado pelo bichinho. Já outras permitem que o dono transporte seu pet dentro da caixa no colo.  Ainda pode haver limites ao porte da raça e quantidade de animais por ônibus.

Viajar com animais de estimação de avião

Para viagens aéreas, é importante verificar as regras da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) e, também, as da companhia que você irá viajar. De forma geral para os vôos nacionais, as regras básicas para se viajar com animais de estimação são: atualizar as vacinas e apresentar atestado veterinário, avisar a companhia aérea com antecedência sobre o animal e transportá-lo em uma caixa de transporte.

Não deixe de se informar com a companhia antes mesmo de concluir a compra da passagem, algumas não transportam cães de determinadas raças e para que seu pet vá na cabine com você, ele precisa pesar menos de 10kg, do contrário, a viagem será no porão do avião.

Viajar com animais de estimação para o exterior

A viagem para o exterior requer um pouco mais de cuidado, porque alguns países têm regras próprias sobre receber animais. É fundamental se informar com a companhia sobre as regras para viajar com animais de estimação, e as especificações da caixa de transporte. Deve-se organizar tudo com antecedência e contar com alguns custos extras de documentação.

Um dos documentos mais importantes é, o CVI (Certificado Veterinário Internacional) que será emitido pelo Ministério da Agricultura. Ele é uma espécie de passaporte do animal. Para sua emissão são necessários alguns processos, como a colocação de um microchip subcutâneo no pet, a atualização da carteira de vacinação e a realização da sorologia de raiva.

Lembre-se para as viagens é importante procurar o veterinário com antecedência, pois as leis exigem que a vacina contra raiva já tenha sido realizada há pelo menos 15 dias. E para viagens para o exterior mais antecedência ainda, pois alguns países exigem inclusive exames de sangue.

Dá sim para ter a companhia do seu bichinho durante as viagens, basta se organizar para que tudo esteja dentro das regras e corra bem. Se gostou do artigo deixe um comentário, prometemos responder!

Compartilhar